fbpx

Radiofrequência corporal

A gordura localizada e flacidez são problemas que acometem homens e mulheres de diversas idades. Nem sempre estão associadas ao sobrepeso ou obesidade, mas fatores comportamentais, genéticos e hormonais podem influenciar o quadro. 

Entre os procedimentos estéticos indicados para essa questão, está a radiofrequência – um tratamento dermatológico que auxilia na prevenção da gordura localizada, bem como a flacidez e celulite que costumam acompanhá-la. 

O que é radiofrequência corporal?

A Radiofrequência é um tratamento dermatológico muito buscado por pacientes que desejam combater a gordura localizada e/ou eliminar a flacidez corporal e facial. 

A técnica consiste no aquecimento das camadas de pele, que tem moléculas de água em sua composição, por meio de ondas eletromagnéticas de alta frequência.

Assim, durante a sessão de radiofrequência, a radiação faz com que as moléculas de água se agitem e elevem a temperatura. 

É possível ajustar a radiofrequência para que atinja apenas a epiderme (camada superficial da pele), a derme (camada média em que estão as fibras colágenas) ou a hipoderme (células gordurosas), dependendo do objetivo de tratamento da cada paciente. 

O procedimento estimula algumas reações fisiológicas no organismo, como:

  • Aumento da circulação sanguínea
  • Quebra de células de gordura (lipólise)
  • Induz a produção de colágeno 
  • Oxigenação da região
  • Estímulo do metabolismo do paciente
  • Melhora do aspecto da pele

O tratamento estético é muito indicado devido sua versatilidade (pode ser feito em várias regiões corporais), eficácia e segurança. 

Além disso, outra vantagem da radiofrequência é que o procedimento não invasivo age apenas na área tratada, e não oferece riscos para outras regiões corporais do paciente.

O tratamento pode ser feito na face e no corpo, e é muito procurada para tratar regiões como pescoço, abdômen, nádegas, coxas, braços e rosto. 

Apesar de ser possível notar diferenças e melhorias após a primeira sessão, são recomendados entre três a oito encontros, associados à outros tratamentos estéticos, para um resultado satisfatório. 

A quantidade ideal de sessões, porém, deve ser analisada individualmente por um médico dermatologista, pois depende de cada caso. 

Em quais casos o procedimento é indicado?

A radiofrequência é um tratamento estético indicado para pacientes próximo ao peso indicado, porém com gordura localizada em áreas difíceis de atingir apenas com exercício físico e dieta balanceada. 

Também pode ser útil em quadros de flacidez excessiva, resultado do aumento de peso, emagrecimento rápido, idade avançada ou gravidez.

Além disso, o paciente pode recorrer à radiofrequência para melhorar a aparência da pele, combatendo celulite, estrias, rugas, acnes e quadros pós-operatórios. 

Quais as contraindicações da radiofrequência?

Assim como outros tratamentos estéticos, a radiofrequência também possui contraindicações. O procedimento não é indicado para:

  • Gestantes
  • Pacientes com Implantes eletrônicos, como marca-passo ou desfibrilador
  • Pacientes com inflamações na área tratada
  • Pacientes em tratamento de câncer
  • Mulheres que usam o método anticoncepcional DIU de cobre 

Após outros procedimentos como aplicação de botox, peelings químicos e tratamentos com laser é necessário aguardar um intervalo antes de realizar a radiofrequência. 

Sempre fale com um médico dermatologista para analisar seu caso. 

Como o tratamento é realizada?

A radiofrequência é um procedimento rápido e indolor que deve ser realizado em consultório médico. 

A região tratada é higienizada antes da sessão e deve ser aplicado gel condutor ou vaselina para que a área esteja preparada para receber a alta frequência. 

Durante a radiofrequência, o tecido subcutâneo é aquecido, em temperatura entre 39° C a 43° C, para estimular reações fisiológicas do organismo. 

O ideal é que o médico dermatologista acompanhe a temperatura corporal do paciente durante toda a sessão para que o nível de aquecimento não ultrapasse o recomendado. 

Para evitar danos à pele, o aparelho deve ser movimentado pela área tratada o tempo todo, para que o calor seja bem distribuído. 

Após a sessão, o paciente pode retomar suas atividades normalmente. É comum que a pele apresente vermelhidão e edemas após o procedimento, mas os efeitos não são preocupantes e somem pouco tempo depois.

A quantidade de sessões varia de acordo com a parte do corpo e o objetivo do tratamento, assim como da resposta corporal de cada paciente. Em geral, é necessário um intervalo semanal ou quinzenal entre cada sessão. 

Alguns efeitos, como o aspecto físico e a firmeza da pele, podem ser percebidos desde a primeira sessão de radiofrequência. 

Porém o resultado final não é imediato e será percebido ao decorrer do tempo, à medida que o organismo responder aos estímulos. 

Vale lembrar que para atingir o objetivo inicial é necessário que a radiofrequência seja associada à bons hábitos, como uma alimentação balanceada, prática de atividade física e até mesmo outros procedimentos estéticos.  

Áreas do corpo podem ser tratadas com radiofrequência

A radiofrequência pode ser realizada nas seguintes regiões:

  • Face: Tratamento de flacidez, cicatrizes de acne e pálpebras flácidas
  • Colo: Rugas e flacidez
  • Pescoço: Flacidez do pescoço e papada
  • Glúteos e coxas: Melhora da aparência da pele, flacidez, celulite e estrias
  • Abdômen: Redução de medidas, flacidez e estrias 

Quais as vantagens  e riscos da radiofrequência?

A radiofrequência é um tratamento rápido, indolor e que apresenta resultados ainda nas primeiras sessões. 

Diferente de outros procedimentos estéticos, pode ser feito no verão, pois não limita a exposição ao sol. 

Em geral, o tratamento não deixa sinais na pele. Alguns sintomas como vermelhidão e calor podem ser percebidos na área tratada, mas são pontuais e passageiros.

No entanto, é fundamental que o procedimento seja feito com um profissional habilitado, pois o mau uso do aparelho pode causar alguns riscos, como queimadura na pele do paciente.  

Se você deseja iniciar o tratamento de radiofrequência, entre em contato comigo. Será um prazer ajudá-lo em seu processo de redescoberta e autoestima.  

Abraços,

Dra. Larissa Oliveira. 

Abrir Chat
1
Agende uma consulta no Rio de Janeiro
Agende sua consulta no Rio de Janeiro