fbpx

Ao entrarmos no mês de outubro, a saúde da mulher vira pauta em diversos canais e meios de informação. 

Atrelada a campanha do Outubro Rosa e a conscientização sobre o câncer de mama, poucas vezes vemos a saúde feminina sendo discutida em totalidade. 

Afinal, você sabia que o conceito de saúde vai muito além da ausência de doenças? 

Independente do mês ou idade a saúde da mulher exige cuidados essenciais para garantir uma vida de qualidade. 

<h2> Saúde da mulher: muito além da ausência de doença </h2>   

É comum que o conceito de saúde seja, em um primeiro momento, relacionado a diagnósticos, tratamentos e prevenção de doenças. 

No entanto, o conceito não para por aí. De acordo com a Constituição da Organização Mundial da Saúde (OMS), publicada em 1946, a saúde é “um estado de completo bem-estar físico, mental e social, e não apenas a ausência de doença ou de enfermidade”.

E assim podemos compreender que a saúde da mulher é muito mais ampla do que apenas consultas de rotina com médicos e especialistas, mas que engloba áreas igualmente importantes para uma vida de qualidade. 

Passos para desenvolver uma saúde integral

Manter-se saudável tem sido um desafio nos dias atuais. 

Alguns hábitos que fazem parte da vida de muitas pessoas pode ser um impedimento de alcançar, de fato, o conceito de saúde integral. 

Seja por razão do sedentarismo, rotinas alimentares inadequadas, exposição excessiva aos radicais livres ou até mesmo situações pessoais que afetam negativamente o nosso psicológico e emocional. 

Diante disso, adotar rotinas de vida mais saudáveis e novos hábitos são fundamentais para conseguir viver com qualidade por longos anos, vivendo a saúde de forma integral. 

Alguns cuidados fundamentais para que o conceito de saúde da mulher seja alcançado em totalidade, são: 

#1 Se alimentar de forma saudável 

A alimentação é a base da vida humana, é por meio dela que nutrimos o nosso organismo. Quando falamos em saúde integral da mulher, alimentar-se bem é a forma mais pura de exercer o autocuidado e amor com seu corpo e sua vida. 

#2 Cuidar da sua saúde mental

A saúde da mulher sem a saúde mental não é nada. Sempre que julgar necessário, procure ajuda profissional para cuidar de questões psicológicas e emocionais que, por vezes, podem afetar sua qualidade de vida. Na era das redes sociais, lembre-se de evitar a comparação entre a sua vida e o que é exposto na internet. 

#3 Controlar o estresse

O cortisol é um componente importante quando pensamos em uma saúde integral. Responsável por controlar os níveis de estresse e ansiedade, quando o hormônio é produzido normalmente e realiza sua ação no organismo,  auxilia em quadros inflamatórios e previne o aparecimento de distúrbio psíquico.

#4 Fazer atividades que lhe dê prazer

Momentos de prazer também estão relacionados ao controle do nível de estresse. Incluir atividades que você gosta de realizar em sua rotina é fundamental para manter a mente saudável e o humor controlado. 

#5 Cuidar da qualidade do sono

O sono é um processo natural e fundamental para o bom funcionamento do nosso corpo. No entanto, não basta apenas deitar para dormir, é preciso ter um sono de qualidade para descansar a mente, recuperar as energias, melhorar o desempenho do organismo e fortalecer o sistema imunológico.
.

#6 Consultar seu médico regularmente

Por fim, mas igualmente importante estão as visitas regulares aos profissionais da saúde. Mesmo que você não apresente sintomas, faça o acompanhamento com o seu médico. Lembre-se que quanto antes as doenças são descobertas, maiores são as chances de cura.

A saúde da mulher integral é uma construção feita ao longo do tempo, da vida, que exige autocuidado, disciplina e prevenção. 

Conte comigo em sua jornada. 

Sua saúde importa!

Abrir Chat
1
Agende uma consulta no Rio de Janeiro
Agende sua consulta no Rio de Janeiro