fbpx

Dentro de poucos meses o verão irá bater em nossa porta novamente. Nessa temporada, tudo o que buscamos são dias de praia e sol, certo? Mas como anda a sua autoestima em relação ao seu corpo para essa época? 

Se você deseja melhorar a harmonia corporal antes do calor reaparecer, chegou a hora de conhecer o coolsculpting – tratamento para gordura localizada sem corte cirúrgico. 

O que é Coolsculpting?

A gordura localizada é um dos maiores incômodos físicos para homens e mulheres – e é a grande queixa da maioria dos pacientes em consultórios dermatológicos.

Muitas vezes, algumas gordurinhas excessivas, difíceis de eliminar apenas com alimentação balanceada e atividade física, levam pacientes a considerar intervenções cirúrgicas. 

Mas para quem busca um tratamento estético para eliminar gordura localizada, sem recorrer à procedimentos invasivos, o tratamento coolsculpting pode ser uma alternativa.

Sendo a única criolipólise (redução da gordura corporal através do congelamento) aprovada pelo FDA (Food and Drug Administration), o Coolsculpting é um dos tratamentos estéticos mais buscados e efetivos para a perda de medidas corporais. 

Por meio da criolipólise de alta intensidade, o equipamento congela a gordura corporal que depois é eliminada pelo organismo. 

A tecnologia proporciona ótimos resultados de forma não invasiva e sem pausa na rotina para recuperação. 

Como funciona o coolsculpting?

Ele é realizado por meio do resfriamento controlado de algumas áreas corporais, em baixíssimas temperaturas, para romper as células de gordura (adipócitos). 

Durante o procedimento, o aparelho suga a área tratada e prende entre os painéis para que o congelamento aconteça apenas na região, sem dano à pele ou aos órgãos. 

Assim, essa área é resfriada – um procedimento chamado criolipólise – que congela a gordura levando à necrose e morte, entre 35 a 70 minutos.

O método é o tratamento líder na redução de gordura não cirúrgica no mundo e apresenta resultados eficazes, com a vantagem de não realizar cortes, anestesia ou substâncias injetáveis. 

Após uma sessão, o paciente pode eliminar cerca de 20% a 25% da gordura da área tratada, que costuma ser feita na papada, abdômen, costas, coxas, braços e culotes.. 

Quem pode realizar o procedimento?

O procedimento é indicado para pessoas que possuem gordura localizada, mas não estão extremamente acima do peso. 

Isso porque o objetivo é realçar o contorno corporal, e pessoas em quadro de obesidade precisam perder o excesso de peso primeiro, para depois tratar pequenas regiões de gordura localizada e a flacidez. 

As contraindicações do procedimento são:

  • Gestantes e lactantes
  • Pacientes com doenças ativas na área a ser tratada
  • Pacientes com urticária ao frio
Abrir Chat
1
Agende uma consulta no Rio de Janeiro
Agende sua consulta no Rio de Janeiro